way2themes

"Umbuzeiro sagrado":

Por: | 18:04 Deixe um comentário

Umbuzeiro, árvore frutífera nativa do sertão nordestino, não nasce na caatinga, já que o umbuzeiro exige solo orgânico profundo para desenvolver suas raízes exuberantes, verdadeiros tubérculos armazenadores de água; embora não seja um leguminosa, provavelmente goza do processo de nitrificação bacteriológica, capaz de criar folhas e flores, em determinada época do ano, mesmo sem chuvas; o que este (da foto) umbuzeiro tem de extraordinário: tem mais de 80 anos de vida, um tronco com 3 metros de diâmetro, e sua copa cobre uma área 72m², provavelmente por que durante muitos anos abrigou um curral onde os animais depositavam excrementos; O umbuzeiro está plantado em solo arenoso / argiloso de cerrado, próximo à várzea do rio; o terreno arenoso não sofre erosão (apesar de descoberto, sem vegetação) e toda água da chuva se infiltra no solo; sofre lixiviação de nutrientes que vão diretamente para as raízes do umbuzeiro; há, portanto, vários fatores que o torna extraordinário, uma verdadeira lição científica de vida: adequando-se, racionalmente, os elementos atmosféricos nos valores disponíveis, o Nordeste não teria semiárido,e a própria caatinga, semiárido natural por escassez de solo, pode se transformar em celeiro de alimentos; o umbuzeiro da foto prova, por sua exuberância, que lhe são disponibilizados, por adequação, os recursos naturais: luz solar, ventilação, solo, gases atmosféricos e ÁGUA; a área chamada semiárido NE recebe em média 400 litros de água doce das chuvas por metro quadrado, por ano, como se fosse uma lâmina de água de 40cm de espessura em todo o semiárido; dividindo-se os 400L/m² por 365 dias do ano é 1.100 mililitros de água por m² ao Dia, capaz de criar e sustentar todos os tipos de vegetais, inclusive lavoura, adaptados ao clima do sertão; o que o Homem tem de fazer é imitar o umbuzeiro: captar e armazenar durante o período das chuvas a água doce para produzir alimentos - agropecuária no verão de 8 a 10 meses, sem chuvas, por ano. A lição foi dada pelo o umbuzeiro; resta saber se o Homem já tem racionalidade e inteligência para aprender, lembrando que a seca nordestina é alimentada, gerenciada pela própria elite dominante do Nordeste, há 400 anos.


Reiterando a postagem, Jessier Quirino:


0 comentários:

Postar um comentário