way2themes

Educação ambiental, de verdade:

Por: | 17:46 Deixe um comentário

Açude, açudagem no NE, mais uma estupidez do analfabetismo científico brasileiro. Se essa fotografia chegasse ao bureau de um técnico do governo, para que ele justificasse a razão da açudagem no NE, poderia dizer na sua limitação intelectual que é fruto da seca de 2012, mas que a açudagem é uma ótima ideia para se enfrentar a seca; 1) em 2011 o semiárido (da foto) recebeu mais de 1.000L/m² de água das chuvas e este açude (como tantos outros), passou mais de 70 dias sangrando, quando o volume de água que passou no sangradouro é milhares de vezes maior do que a capacidade de armazenamento do açude; 2) em 2012 a bacia deste açude recebeu, de janeiro a junho, 260L/m² de água das chuvas, 2.600m³/hectare, 260.000m³/km²; se a bacia do açude é de 5m² seriam 1.300.000m³ de água, quando a capacidade de armazenamento do açude é de menos de 300.000m³; como se pode ver, nestes simples cálculos, a seca nordestina não tem nada a ver com escassez de chuvas; 3) toda água das chuvas que caiu nessa bacia de janeiro a junho de 2.012 evaporou imediatamente após cada chuva, uma represa a céu aberto, com Sol intenso, vento seco, e sugada pela terra seca em torno da represa, mais um problema de fácil solução, mas que a engenharia brasileira não sabe como resolver; 4) a água doce pura das chuvas perde a identidade quando se choca com um corpo da litosfera, por que adquire elementos estranhos, já que a água é substrato e solvente da Natureza, mais uma questão de fácil solução que a engenharia brasileira desconhece; no açude, lago, rio, barragem, poço artesiano no BRASIL não existe água; para que morrer de ignorância se agora temos dsoriedem.blogspot, com educação ambiental de VERDADE?

0 comentários:

Postar um comentário