way2themes

Morte e vida nordestinas:

Por: | 19:45 Deixe um comentário

Açude, o que se poderia dizer de um açude vazio? As pessoas que não tem consciência ambiental poderiam dizer: nada. Cientificamente esta foto diz muito sobre a açudagem no NE: 1) não tem água no verão, momento em que mais se precisa dela; 2) está assoreado; o assoreamento no açudes do NE é de 2 a 4 na redução da capacidade de armazenamento por ANO, mas quais são as causas? 1) desmatamento incondicional; 2) roçados junto (ou dentro) à bacia hidrográfica, quando o arado da capinadeira ou do trator arranca o solo e as enxurradas arrastam terra, areia e matéria orgânica para os rios, riachos e finalmente para o açude, onde é barrado pela parede de terra do açude; 3) devido a atividade de "vazantes" junto à represa; 4) os animais vão beber a água, defecando e urinando na água, massa orgânica; MAS esta FOTOGRAFIA foi feita com outra finalidade: mostrar aos incautos os troncos de árvores na parede, tanto do lado da represa, como do lado oposto; A árvore nasce na parede se desenvolve muito bem já que durante a maior parte do ano tem umidade no solo (na parede do açude); as árvores que estão do lado de dentro do açude direcionam algumas de suas raízes atravessando a parede para fora, em busca de nutrientes e até como sustentação; as árvores que nascem do outro lado da parede vai direcionar suas raízes atravessando a parede para buscar água na represa; enquanto a árvore está verde, viva, circula pela raízes 5 litros de água por metro cúbico de massa vegetal, por dia; essa água coletada pelas raízes não volta ao açude: 1) parte é lançada no chão, junto às raízes para coleta de nutrientes minerais; 2) parte evapora para o ar na transpiração e respiração; MAS quando a árvore é cortada (como está na foto) a árvore morre, e ASSIM as raízes se transformam em canos para a fuga da água armazenada no açude através da parede do açude; Ora, 60% da água do açude no NE evapora durante o ano, 30% são sugados pela terra seca e vento seco (no verão) em torno da represa, e no caso da foto, os 10% restantes vazam pelas raízes mortas da parede. Conclusão: a açudagem no nordeste brasileiro é mesmo uma estupidez; para não melindrar o jumento não vamos repetir que é uma ideia de jericos.

dsoriedem.blogspot.com

0 comentários:

Postar um comentário