way2themes

Superfície no planeta São Lourenço da Mata - os vices e os vícios:

Por: | 20:03 Deixe um comentário
Costumeiramente respondo que as "qualidades" dos vices devem ser ou simpatia / boa referência / bom mocismo dos munícipes ou condição financeira. Prefiro a primeira por motivos óbvios e coerentes com a condição do homem público correto, aquele que podemos "apostas as fichas". Nesse caso é alguém cogitado, querido pelo capital moral que possui e que pode inspirar as pessoas. 

Se ele é alinhado partidária e ideologicamente é outro canal de convergência à candidatura, a eleição do majoritário é mais reforçada pela adesão da chapa "puro sangue", no entanto nem sempre há essa coincidência. É mais comum um partido diferente que aponta seu vice para compor a chapa. Esteja alinhado totalmente ou de forma parcial, na atualidade conta mais essa pessoa para a campanha e o sucesso.

Não há alguém que ocupe essa posição que não seja cuidadosamente pensado ou para ser discreto (o que é mais comum), ou para agir como um quase-secretário e às vezes até realizando tal função (como aconteceu com o atual prefeito e candidato à reeleição). Tenho mais preferência pelo segundo exemplo por compreender que ser vice sem trabalhar é só um "vício" e ócio não-criativo.

É certo que isso tem a ver com o compartilhamento da administração, tornando ônus e bônus solidários ao chefe executivo e seu eventual substituto. Na Capital Nacional do Pau Brasil não há nomes precisos ainda, tanto para o grupo no poder quanto para os demais que pretendem o mesmo lugar e como um xadrez, esperam exatamente essa jogada para definir alguém que agregue ou seja meramente decorativo.

0 comentários:

Postar um comentário