way2themes

Um caminho aos vereadores de São Lourenço da Mata, conteúdo estatístico-estratégico-eleitoral:

Por: | 15:24 Deixe um comentário
O material a seguir é parte das conversas, pesquisas e levantamentos feitos por este blog e o blog do Brito a respeito das eleições na Capital Nacional do Pau Brasil:

Capítulo 1: preparação, fôlego.

Fala-se do ser político como um “animal”, bicho ambientado e habilitado no meio natural que vive, capaz de sobrevivência, reprodução da “espécie” e condição de prolongar a existência.

Após essa definição, apresentação aos postulantes às cadeiras da Casa Jair Pereira, é preciso que estes tenham o mínimo de conhecimento sobre o local que poderão frequentar com mais assiduidade no ano que vem. Não é concurso público cuja presença na repartição só é aceita quando aprovado. A Casa é do Povo e se o povo que quer servir nela não está desde muito tempo nas redondezas e parte interna, não só começa muito mal, como demonstra falta de compromisso, apenas presente se e quando assim que chegar.

Uma disputa com centenas de candidatos a pouco mais de uma dezena de cadeiras já deveria ser base de cálculo matemático a ser focado, da possibilidade real do pretendente chegar aonde se quer.
Tomando por base os candidatos (Beto da ESPAM, Bruno Pereira, Gino Albanez, Iris Moura, Marcelino Vital) a prefeito e seus candidatos a vereador, aproximadamente trezentos: 

300 / 15 = 20 candidatos para cada (1) assento na Casa.

Quais as comunidades de influência?
Qual o capital financeiro guardado ou prometido?
Quais os colaboradores diretos e sua capacidade de inserção nos bairros?

Já estamos aí dando o que pensar e fazer, estão oportunizadas as diretrizes iniciais. Em quarenta e cinco dias de campanha, cada passo contribui fortemente para o sucesso de sua campanha e mais, seu desempenho no parlamento, se assim chegar.

0 comentários:

Postar um comentário