way2themes

Trocando a primogenitura pelas migalhas:

Por: | 16:35 Deixe um comentário
"O Ocidente unificou o mundo, mas o unificou por baixo, pela técnica e pela economia, não por cima, pelo espírito e pelos valores. Não digo isso como quem lamenta, mas como quem constata um fato. Nos últimos séculos, toda superioridade material é obtida mediante a perda dos valores que dão sentido à vida. Isso acontece com as culturas e nações em particular e com a humanidade em geral. Veja por exemplo o caso dos judeus: tornaram-se poderosos política e militarmente, mas já não são mais judeus, no sentido espiritual do termo: esqueceram Jeová e se tornaram adoradores de si mesmos. Do mesmo modo, a civilização ocidental, cristã na sua inspiração originária, dominou as outras civilizações, mas já não é mais cristã. E tenho motivos para duvidar de que o fundamentalismo islâmico seja realmente fundamentalista; ele me parece ser antes uma inovação revolucionária, uma politização da tradição, sem verdadeiro fundamento espiritual, uma espécie de "teologia da libertação" islâmica. Todos perderam o sentido dos valores espirituais, com a diferença de que os ocidentais e os judeus tiveram um ganho material em troca, e os demais nem isso.


Em todo caso, não podemos esquecer que, quando o Império Romano unificou o mundo então conhecido, ele o fez também só pela força material desprovida de espiritualidade, e que logo em seguida veio o cristianismo insuflar vida nova no corpo da civilização romana, ao mesmo tempo que o poder político-militar romano se desfazia.

Provavelmente, dentro de alguns séculos, ou talvez décadas, a civilização mundializada que hoje conhecemos virá a receber um novo influxo dos céus, ao mesmo tempo que se desfará em cacos a estrutura político-militar e midiática que hoje está sendo montada para sustentá-la."
Olavo de Carvalho.

0 comentários:

Postar um comentário