way2themes

Um caminho aos vereadores de São Lourenço da Mata - presidência:

Por: | 21:10 Deixe um comentário
Novamente, minha preferência e evidência é apresentar um pensamento equilibrado a respeito do assunto, mesmo que seja pouco visto e lido. Antes o acordo em um texto com o quê se sabe, tem na mão e se apresenta faces nuas que um série de senões. Insinuação, futrica, meias palavras ou excesso de pontuação duvidosa não aportam aqui. Que realize os que creem fazer bem desta forma.

Em 2017, quando assumirem os novos vereadores eleitos, re-eleitos será necessário compor a mesa diretora: presidente, vice, secretários, tesoureiros. Cada um possui algum protagonismo, porém verdadeiramente quem "conta" é o que assumirá a presidência da Casa. Salário maior, mais assessores são algumas das vantagens do cargo por dois anos. E as responsabilidades? Dirigir as sessões, organizar o orçamento e cuidar para que ele seja preciso (pois ele é ordenador das despesas na Câmara), resolver desavenças entre os pares, agir com temperança e bom senso, conhecer o Regimento, saber como e quando dar voz, aparte, resposta, ajudar na organização das Comissões. Como vê, é bastante atribuição para outorgar a um deles.

Se olharmos os novatos, dificilmente encontraremos alguém capaz (porque o quê se trata aqui é de experiência, perícia em ser mais que vereador "comum". Não é saber cuidar de um negócio, ou ensinar, ou ficar jogando conversa fora. E ainda dou o benefício da dúvida, por não terem assumido nunca nem mesmo a vereança) de exercer já tais atribuições, tarefas, até em possuir habilidade de liderança. Quanto aos que estão voltando, quase semelhantemente o pensamento é o mesmo. Se você frequentou algumas sessões viu pouca atuação na tribuna de certos e, mesmo acontecendo, o proceder era desacertado, confuso, deixando a desejar para a função que nós votamos.

Essa escolha sei que será proveniente de acordos, quem assumirá e terá o quê, alinhamento ao Executivo e demais detalhes comezinhos. Nesse caso, a repercussão direta é aos próprios edis.

0 comentários:

Postar um comentário