way2themes

Um caminho aos vereadores de São Lourenço da Mata - novamente competência para tal:

Por: | 21:00 Deixe um comentário
No  Brasil Colônia, para preservar os interesses da Metrópole (Portugal), o governo português instituiu figuras representativas por aqui, os "Homens bons". Foram ocupantes de cargos públicos na época e tratavam dos problemas da localidade. As qualificações ao serviço incluíam ser casado, ter mais que vinte e cinco anos, católico, com sangue mais português e/ou branco e possuir terras para dar aval a essa condição política. Para a população ter acesso a esses homens, a fim de que resolvessem pendências gerais era necessário que essas dificuldades não fossem conflitantes com a coroa portuguesa (a questão da terra) e mesmo não sendo, o povo contava com muito pouca ajuda da parte deles. Em suma, ocupavam espaços para o rei e o interesse de explorar a terra e exportar riquezas era o forte.

Ocupação de espaços, o ponto. Eu tenho insistido sobre os porquês da maior capacidade dos edis em uma função que não é qualquer, embora pelos votos de alguns que lhes deram legitimidade para sentarem nas cadeiras, passaram-me a péssima impressão. Bem, eles já estão eleitos, re-eleitos e o que quer que escreva não mudará a condição desses, no momento, no entanto pode modificar a compreensão popular a respeito e quem sabe até a de algum dos quinze, no momento que lerem o texto. Se estar na Casa, ocupar uma presidência é só questão de vaidade pessoal ou supremacia Executiva, demonstrando desequilíbrio de poderes, o resultado será enfraquecedor mesmo a outros companheiros da Câmara e mostrará pequenez política.

Vi em uma conversa por rede social a imagem, o texto do despreparo, quando um munícipe deixou claro que a cidade precisa olhar para suas competências rurais e outras pessoas responderam achando que tudo se resolverá com quem virá. Qual a evidência disso? Nenhuma. Estava nos programas de governo? Eu não sei. O quê sei é que o rapaz tem razão. A zona rural está negligenciada. Daí o questionamento é se os vereantes lembrarão, farão algo a respeito (são os que elaboram leis, não são (mais) apenas líderes comunitários ou comerciantes. 

Não tenho pretensão a cargo desta ordem, todavia preocupo-me com quem está lá. Moro na cidade, trabalho, consumo e até contribuo um pouco com sua melhoria e sei que a força maior está naquela Casa.

0 comentários:

Postar um comentário