way2themes

Para o SLM na Política - quem pode e quem deve:

Por: | 10:18 Deixe um comentário
Bairro Capibaribe, próximo aos números 104, 187 e 185. O poste, agora iluminado pelos populares, não prefeitura, passou dois anos sem a lâmpada perfeita. A afirmação foi declarada hoje, a Sérgio Félix e Sheila Xavier, locutores da rádio Damata, pela Ana Maria, moradora do local. Ela, semelhantemente falara em outras oportunidades a Fausto Neto, Arinaldo Rodrigues e Tarcísio Lira, da Rádio Novo Dia. Celpe e Prefeitura (ao longo dos dois anos) foram os ausentes no período. Cansados de longa espera pelos que têm deveres atribuídos pela população, juntaram-se menos de meia dúzia de moradores e o que aconteceu vê-se na foto: iluminação, precaução, alguma segurança, cidadania exercida, ainda que forçada (do povo para si mesmo, não de outros). 

Nos 124 dias passados de 2017, gestão, descentralização, mapeamento, capilaridade de secretarias, diretorias, em algum grau não estão funcionando a contento (embora o foco seja iluminação, infraestrutura, há reclamações diárias nas rádios locais sobre saúde e educação). É de se questionar se há reuniões periódicas com o "Staff", avaliação e ajuste, ou é "cada um por si e Deus por todos". 

A resposta do comprometimento é dizer quando e como vai resolver (não alguma coisa está sendo feita, pois alguma coisa é qualquer coisa, menos algo preciso...); a resposta da incompetência será apontar sua incompetência, alegando a dos outros (gestão A, B, C passadas) demonstrando não haver diferenças, nem melhorias, só igualdades. Algo como: "Somos tão ruins quanto quaisquer outros. Neste assunto sou tão ineficiente quanto os outros". Ou reconhece o que é fato, ou tenta desviar que não há ato.
A postagem serve também para reacender ou reavivar a chama dos edis, caso estejam letárgicos ou esquecidos de sua função. É verdade que a resposta destes deve ser mais ampla que a grupos virtuais de celular ou computador, embora eles sejam também eleitores, não se deve esquecer, portanto tais grupos são frações do povo, e do povo são. Na divisão dos três poderes eles possuem nobre tarefa e precisam de vez em quando da lembrança sobre o tesouro depositado nas mãos deles em forma de votos que os levaram à tribuna, daí ou pode ser deixado de lado ou assumido o brio que lhes é voltado.

Crédito da Foto: Ana Maria.
Crédito do GIF: AKI GIFS

0 comentários:

Postar um comentário