way2themes

Para o SLM na Política - Dog whistle:

Por: | 15:40 Deixe um comentário
Os cães possuem audição muitíssimo superior à das pessoas. Além do faro, bem apurado, a capacidade de escutar sons inaudíveis aos seres humanos os tornam animais privilegiados. Usar o apito canino - dog whistle - para que cachorros obedeçam a um comando, ressaltando, apenas audível a eles, é estratégia esperta.

Há campeonatos de comando canino, no Reino Unido, os quais, assobios dados por pastores, fazem com que cães guiem ovelhas a boa distância do dono, direcionando-as de acordo com o tipo de som agudo soado: esquerda, direita, avante, recuo, os bichos bem treinados rendem prêmios através da perfeita interpretação sonora. No entanto, nesse caso, ouvem-se, discernem-se os sons.

Em política, a expressão do título provém inicial e fortemente dos EUA e Austrália, e a ideia é dar o mesmo sentido do primeiro parágrafo, quanto a correligionários, simpatizantes, etc., de um determinado segmento social, político. Na atualidade, bem mais utilizado com o segundo. Palavras-chave dão o "start" e o comportamento da "matilha" é ditado, direcionado.

Aos que não são ineptos (difícil em um país onde apenas oito por cento lê e interpreta bem um texto, segundo o IBGE. Estou repetindo essa informação de post anterior. "A queda geral e constante do QI médio brasileiro é, sem a menor sombra de dúvida, um GENOCÍDIO - a liquidação sistemática de um povo. Quando digo que os responsáveis por esse fenômeno - educadores, jornalistas, intelectuais, gente do show business - são CRIMINOSOS, digo isso em sentido literal e não como figura de linguagem. Perto desse descalabro, que vem de décadas, o desvio de dinheiro público é rigorosamente um problema menor." Olavo de Carvalho) já foi percebida a comparação do instrumento à voz ou escrito ativos, e o comportamento animal às pessoas. Uma metáfora limitada, é claro, porém a ação é simílima. Daí em diante, impropérios são atirados precisamente ou a esmo.  

Dentro do município encontram-se exemplos de ambos os lados (então está sobrando para "o caprichoso e o garantido"), sem preconceito (modo de ironia ligado). Isso não indica que não haja pessoas que escapem da determinação, mesmo inseridos em algum desses lados, no entanto são sabiamente discretas ou minoritariamente existentes, assistem sem poder causar maior reflexão aos demais que realizam a estratégia subterrânea.

Ah! É certo que exista terceira via, setor, aglomerado, ora pendendo a um lado, ora a outro (ao sabor das conveniências financeiras e ou / de "gosto") e mais, uma fração deste que não adere ao silvo, não importam os oferecimentos. A característica deste texto escrito é mostrar alguns pontos claros e outros não. E aos que ficam ressabiados quanto a quem escreve nesta avaliação, lembro outras palavras do Olavo:
"O traço mais inconfundível do idiota perfeito é que ele não quer saber se o que você diz é verdadeiro ou falso. Só quer saber a que partido você pertence. E se você não pertence a nenhum, ele inventa um.".

0 comentários:

Postar um comentário