way2themes

Generalidades Notícias, número 50:

Por: | 07:09 Deixe um comentário
Mundo
Incêndio em poço de petróleo deixa 11 mortos e 40 feridos na Indonésia
Pelo menos 11 pessoas morreram e 40 ficaram feridas, nesta quarta-feira, por causa de um incêndio em um poço de petróleo, que também destruiu cinco edifícios, na província de Aceh, na ocidental ilha de Sumatra (Indonésia), de acordo com informações das fontes oficiais.

O acidente aconteceu na madrugada durante o processo de extração em um jazida "tradicional" da região de Pasir Putih, quando vários operários solucionavam um excesso de petróleo na exploração e aconteceu uma explosão, afirmou o escritório em Aceh, da Agência Regional de Gestão de Desastres (BPBD, sigla em indonésio).

"Até o momento o fogo ainda não foi controlado", disse a agência regional, em comunicado divulgado às 12h (hora local).

Os feridos e os corpos dos falecidos foram transferidos para três hospitais da região.

As autoridades do país, bombeiros e a empresa estatal de energia Pertamina estão colaborando para apagar uma coluna de fogo de mais de 10 metros de altura que vem do campo de petróleo, que extraía a 250 metros de profundidade, segundo imagens divulgadas pela BPBD.

A província de Aceh é uma região rica em hidrocarbonetos e onde é comum a existência de jazidas ilegais.
As autoridades abriram uma investigação para esclarecer as causas do fato.


Trump e Macron brindam sua amizade no jantar de Estado
O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, e o mandatário da França, Emmanuel Macron, brindaram na noite de terça-feira sua inesperada amizade em um jantar de Estado organizada pela primeira-dama americana, Melania Trump, em homenagem ao líder francês.

"Nos dois lados do oceano, cerca de dois anos atrás, poucos teriam apostado que estaríamos hoje aqui juntos", disse Macron.

"Muitos", ele acrescentou, "falam sobre nossa amizade, mas acho que isso nos ajuda a alcançar nossos objetivos".

Macron destacou que esta aliança renovada entre a França e EUA já permitiu, por exemplo, o ataque de há duas semanas, ao lado do Reino Unido, ao governo de Bashar al-Assad, na Síria.

Trump, por sua vez, também lembrou da "longa história" de amizade entre as duas potências: "Que a nossa amizade cresça ainda mais, que a nossa aliança seja ainda mais forte, e que nossa sagrada liberdade nunca morra".

A primeira-dama americana compareceu ao jantar com um vestido Chanel bordado à mão, enquanto a esposa de Macron, Brigitte, estava com um modelo Louis Vuitton.

De fato, o proprietário da LVMH, Bernard Arnault, foi um dos convidados pela delegação francesa ao jantar de Estado.

Entre os convidados americanos estavam o CEO da Apple, Tim Cooke; o ex-secretário de Estado Henry Kissinger; e o atual diretor da CIA e candidato de Trump à Secretária de Estado, Mike Pompeo.

Nenhum líder democrata compareceu ao jantar, que teve vários representantes republicanos.

Trata-se do primeiro jantar de Estado organizado por Trump desde que chegou à Casa Branca, há mais de 15 meses, algo que não é habitual.

Foi preparada uma festa com um toque francês para o jantar de Estado com jambalaya, um prato de arroz com frango, presunto e camarões típicos da gastronomia da Luisiana.

Também foram servidos costelas de cordeiro, verduras do jardim da Casa Branca, torta de nectarina com sorvete de creme fresco e vinhos com "alma francesa e solo americano".

Macron encerrará hoje, com um discurso no Congresso, a visita de Estado que começou na última segunda-feira e na qual deu muito que o falar pelos seus gestos de afinidade com Trump.



Brasil
Colégio Bandeirantes registra segundo caso de suicídio em 15 dias
Uma das instituições de ensino mais tradicionais da cidade de São Paulo, o Colégio Bandeirantes informou aos pais, por meio de um comunicado, sobre duas mortes por suicídio de alunos em um intervalo de duas semanas.

A escola localizada no bairro Vila Mariana lamentou os casos e disse que está "acolhendo os alunos mais vulneráveis" e planejando "diversas ações de trabalho em posvenção, com assessoria de uma especialista em prevenção ao suicídio e luto por suicídio".

"É com tristeza e pesar que comunicamos o falecimento de um de nossos alunos do 3º ano do Ensino Médio. No intervalo de duas semanas, passamos duas vezes pela situação de mortes por suicídio. Contudo, compreendemos que cada morte deve ser tratada como um caso singular e por isso, a escola procura posicionar-se respeitando as decisões e os desejos de cada família", diz o comunicado.

As aulas das turmas do terceiro ano do ensino médio foram suspensas ontem, e hoje foram organizados espaços para "reflexão, diálogo e ações de acolhimento e de ajuda em situações de crise" com apoio de uma psicóloga.

"Em relação às demais séries, a escola está preparada para receber os alunos nesse momento tão difícil e juntos, ajudá-los no enfrentamento do luto", acrescenta a nota.

A Decisão Do STF Relativa Às Delações Da Odebrecht Sobre Sítio De Atibaia
Ao contrário do que foi noticiado pela grande imprensa e principalmente pelo blog O Antagonista, que preocupa-se muito mais com o sensacionalismo da notícia do que com a correção e veracidade do que publicam, a decisão tomada nessa terça-feira pela Segunda Turma do STF de excluir as delações da Odebrecht do processo em que Lula é investigado no caso do sítio de Atibaia não representa necessariamente um golpe na Lava-Jato, como vem sendo alardeado.

O processo envolvendo o caso do sítio em Atibaia está ancorado em uma série de evidências documentais e testemunhais, que vão muito além das delações dos diretores da Odebrecht. A exclusão dessas delações do processo não significa que o processo irá sair das mãos do juiz Sérgio Moro, como foi divulgado por alguns veículos: o criminoso e presidiário petista continuará sendo investigado pelo juiz Sérgio Moro no processo envolvendo o sítio de Atibaia, estando apenas excluídas das provas as delações mencionadas.

Da mesma forma, as informações que circularam na noite de terça-feira de que a decisão da Segunda Turma do STF possibilitaria a imediata anulação da condenação do criminoso petista no caso do triplex não estão corretas, segundo as consultas que fizemos.

A natureza de uma revisão criminal
Para que uma condenação seja anulada, é necessária que seja estabelecido um processo derevisão criminal. A revisão criminal é uma ação autônomo do réu condenado que, após o trânsito em julgado de sua sentença, requer a um tribunal que reveja a decisão condenatória com base no argumento de erro judicial. A revisão criminal está regulada pelos Art. 621 e Art. 622 do Código de Processo Penal.

Esta ação de revisão criminal não deve ser confundida com um recurso: recursos são cabíveis até o trânsito em julgado, e revisão criminal cabe apenas após o trânsito em julgado. No caso do criminoso petista, uma possível ação de revisão penal no caso do triplex teria que ser feita junto ao TRF-4, uma vez que que os recursos especial e extraordinário apresentados pela defesa junto ao STJ e ao STF, respectivamente, foram negados.

O tempo demandado para uma revisão criminal torna irrealista considerar essa opção, do ponto de vista político, tendo em vistas as eleições desse ano. Assim sendo, reafirmamos aqui o que foi dito no artigo O Julgamento Virtual De Suposto Recurso De Lula No STF, publicado nessa terça-feira:

A despeito do grau de delinquência institucional em que vive o País, a única possibilidade de Lula ser solto proximamente dentro do atual ordenamento jurídico brasileiro é por meio da revisão da jurisprudência estabelecida pelo STF a respeito da prisão após condenação em segunda instância. Fora desta possibilidade, não existe nenhuma outra decorrente de recursos, apelações, habeas corpus, reclamações judiciais, ou qualquer instrumento dessa natureza.

Dessa forma, segundo nosso entendimento, a decisão de ontem da Segunda Turma do STF sobre as delações da Odebrecht no caso do processo do sítio de Atibaia podem ter outras implicações que podem e devem ser analisadas, considerando-se inclusive a estratégia da defesa, que pode ter entrado com esse pedido mirando a possibilidade de futura revisão criminal.

No entanto, de imediato, a decisão não afeta o outro processo, já encerrado, no qual o criminoso petista foi condenado e já encontra-se em regime de cumprimento de pena de doze anos e um mês de prisão em regime fechado. Dessa forma, o status quo do outrora maior líder do movimento comunista latino-americano continua o mesmo: o de um criminoso condenado cumprindo pena de prisão. #CriticaNacional #TrueNews #RealNews


Pernambuco
Suspeito de assaltar policial morre após tiroteio na Caxangá
De acordo com o 13º Batalhão da Polícia Militar, três homens tentaram assaltar um sargento da PM que seguia de carro próximo ao viaduto da Caxangá, quando reconheceram o oficial e atiraram contra ele
Uma tentativa de assalto acabou com um homem morto e duas pessoas feridas na noite desta terça-feira (24) na avenida Caxangá, no bairro da Iputinga, Zona Oeste do Recife. De acordo com o 13º Batalhão da Polícia Militar, três homens tentaram assaltar um sargento da PM que seguia de carro próximo ao viaduto da Caxangá, quando reconheceram o oficial e atiraram contra ele.

O sargento reagiu e um dos suspeitos foi baleado e morreu no local. Os outros dois fugiram. O sargento e uma mulher identificada como Gleice Kelly Ramos, 19 anos, foram atingidos pelos disparos. A mulher foi levada para o Hospital da Restauração, na área central do Recife. Segundo a PM, ela foi atingida na cabeça e o estado de saúde dele é estável. O sargento, não identificado, foi levado para o Hospital Getúlio Vargas. Ainda não há informações sobre o estado de saúde dele.

Após colidir com ave, avião sobrevoa a RMR por uma hora e retorna ao aeroporto
Segundo um passageiro, que não quis se identificar, uma ave teria entrado na turbina do avião segundos depois da decolagem e impossibilitou a viagem
Passageiros que estavam a bordo do voo JJ3990 da Latam, com saída do Aeroporto Internacional do Recife com destino a Brasília, passaram cerca de uma hora circulando sobre a Região Metropolitana do Recife na tarde desta terça-feira (24). Segundo um passageiro, que não quis se identificar, uma ave teria entrado na turbina da aeronave segundos depois da decolagem e impossibilitou a viagem.
"Ouvimos um barulho muito alto e estridente e percebi que o avião estava seguindo uma rota no sentido contrário a Brasília. O comandante avisou que aconteceu um problema na turbinadireita, que teria sido um pássaro, mas, depois, não falou mais nada e passamos uma hora circulando sobre a Região Metropolitana", informou a testemunha.

Depois de dar voltas sobre a RMR, o avião pousou, e os passageiros ficaram na aeronave por mais 40 minutos. Em seguida, foi anunciado o desembarque e todos presentes a bordo tiveram que voltar para a fila do check-in.
Uma moradora do bairro de Jardim Paulista Baixo, em Paulista, na RMR, registrou o avião dando voltas próximo à sua residência. "Ouvi o som de um avião e percebi que estava baixo e dando voltas", disse Ruth Carolina.

A Infraero confirmou a ocorrência e afirmou, por meio da assessoria de imprensa, que é normal a colisão de pássaros com a aeronave e que o avião pousou normalmente.
Por meio de nota, a Latam informou que a aeronave do voo JJ3990 colidiu com um pássaro nas proximidades do Aeroporto do Recife e retornou ao terminal, aterrissando normalmente. "A companhia reitera que a segurança é um valor imprescindível e, sobretudo, todas as suas decisões visam garantir uma operação segura", diz a nota.

Ainda de acordo com a nota, os passageiros serão acomodados no voo reprogramado previsto para decolar às 8h30 de quarta-feira (25). "A companhia esclarece que está prestando a assistência necessária aos passageiros. Por fim, reitera que a segurança é um valor imprescindível e, sobretudo, todas as suas decisões visam garantir uma operação segura", ressalta a Latam.


0 comentários:

Postar um comentário