way2themes

Generalidades Notícias, número 51:

Por: | 6/20/2018 07:36:00 AM Deixe um comentário
Mundo
Sobe para 112 o número de mortos pela erupção do Vulcão de Fogo da Guatemala

Um homem guatemalteco, de 43 anos, faleceu na terça-feira no México, para onde tinha sido levado para que se recuperar dos ferimentos que sofreu após a erupção do Vulcão de Fogo, subindo para 112 o número de mortos desta catástrofe.

O ministro de Saúde Pública e Assistência Social, Carlos Soto, confirmou através das suas redes sociais a morte deste homem, "que tinha perdido toda sua família na erupção" do vulcão, a maior dos últimos anos, no último dia 3.

"Há dias como hoje, que não apenas machucam o coração, mas também a alma", disse o ministro, ao informar esta morte, que se une a uma menina que morreu no mesmo dia, nos Estados Unidos, pela "gravidade das queimaduras que apresentava nas vias respiratórias".

No Hospital Shriners Galveston, localizado no Texas, havia sete menores internados, enquanto no México havia outras seis pessoas.

Com essas duas mortes sobem para 112 o número de mortos pela erupção do último dia 3 de junho do Vulcão de Fogo, uma das maiores já registradas durante os últimos anos e que deixou ainda quase 200 pessoas desaparecidas e mais de 1,7 milhões de guatemaltecos afetados.

Naufrágio na Indonésia deixa 190 vítimas, entre mortos e desaparecidos
As autoridades da Indonésia relataram nesta quarta-feira que recuperaram mais três corpos e aumentaram para 186 o número de pessoas desaparecidas após o naufrágio de um navio na tarde da última segunda no lago Toba, na ilha de Sumatra.

Durante as primeiras horas após o acidente, 18 pessoas foram resgatadas com vida e um corpo foi recuperado.

O porta-voz da Agência Nacional de Busca e Resgate em Medan, Hisan Turnip, disse à Agência Efe, por telefone, que outros dois corpos foram recuperados pelas equipes de resgate nas últimas horas, subindo para três o número de mortos.

Além disso, Hisan afirmou que segundo relatos dos familiares, pelo menos 207 pessoas viajavam na embarcação.

Por sua vez, o porta-voz da Agência Nacional de Gestão de Desastres, Sutopo Purwo Nugroho, afirmou que a barco, ocupado acima da sua capacidade, não tinha um registro de passageiros, o que dificulta precisar o número exato dos desaparecidos.

A Agência de Climatologia, Meteorologia e Geofísica (BMKG, sigla em indonésio) afirmou ao jornal local "Detik" que seu escritório na região emitiu dois alertas devido ao mau tempo extremo horas antes que o navio virasse.

O acidente ocorreu na tarde de segunda-feira durante a rota que liga a cidade de Tigaras com a ilha de Samosir, entre altas ondas e mau tempo que obrigou interrupção das operações de resgate na primeira noite.

Centenas de agentes da polícia, exército e equipes de resgate continuam hoje as operações, que também conta com veículos operados por controle remoto sem que se tenha atualizado o número de sobreviventes desde a manhã de ontem.

Na semana passada, pelo menos 16 pessoas morreram após outro naufrágio perto da costa sul da ilha de Celebes, na região central do arquipélago.

Dezenas de pessoas perdem a vida todos os anos na Indonésia em acidentes marítimos causados pelo mau tempo, infraestruturas precárias ou sobrecarga de passageiros e mercadorias.


Brasil
Primeiro gol de Pelé em Copas completou 60 anos
O dia 19 de junho foi uma data especial para a história da Copa do Mundo: há exatos 60 anos um jovem de 17 anos chamado Pelé marcava o seu primeiro gol em Mundiais, sendo decisivo na classificação do Brasil para as semifinais do torneio disputado na Suécia.

A partida pelas quartas de final da Copa de 1958 era apenas a segunda como titular do jogador que viria a se tornar o Rei do Futebol. O complicado confronto com País de Gales, que havia empatado as três partidas da primeira fase, precisando de um jogo de desempate para se classificar, foi decidido na metade do segundo tempo, com um lindo gol.

Pelé aproveitou um passe de cabeça de Didi, matou no peito, deu um leve toque para tirar o marcador e girou em direção ao gol para finalizar no canto direito do goleiro Jack Kelsey. A comemoração foi típica de um garoto, beijando a bola no fundo da rede, enquanto chorava e era abraçado pelos companheiros.

Foram 23.921 pessoas que testemunharam o primeiro ato importante do futuro melhor de todos os tempos, no estádio Ullevi, em Gotemburgo.

Nos jogos seguintes, Pelé faria um hat-trick para superar a França de Just Fontaine por 5 a 2 nas semifinais e mais dois gols na decisão contra os donos da casa, pelo mesmo placar, garantindo a primeira taça, também recebida com muito choro.

Este seria o primeiro dos três título mundiais do eterno camisa 10, hoje com 78 anos, e os seis gols iniciais dos 12 em Copas do Mundo, que o mantém até hoje entre os cinco maiores artilheiros do torneio.

Pernambuco
Com MDB no Planejamento, Paulo contempla maiores tempos de TV
As últimas movimentações na gestão Paulo Câmara envolvem a ida de Márcio Stefanni para a Secretaria de Turismo. Resultado: a pasta de Planejamento, que até então ele comandava, passa a integrar a cota do MDB, que perdera a presidência do Complexo de Suape, conforme registramos no último sábado, para o PP. Marcos Baptista, que deixa a presidência de Suape, substituirá Stefanni no Planejamento. Essa dança das cadeiras ainda pode ter novos capítulos até a sexta-feira. A Secretaria de Administração entra nesse xadrez. Havia uma expectativa, no Palácio das Princesas, de que o MDB, do vice-governador Raul Henry, fechasse sua conta em quatro secretarias. Isso envolveria, além de Planejamento, Habitação, Trabalho e Micro e Pequenas Empresas, já sob o comando de Alexandre Valença por indicação da sigla. Habitação esteve sob a tutela de Kaio Maniçoba, que trocou o MDB pelo Solidariedade. O espaço será mantido na cota do MDB e terá Bruno Lisboa à frente. A acomodação se dá após o MDB ter tido a Secretaria de Desenvolvimento Econômico e a presidência de Suape subtraídas de sua cota. A legenda vive uma disputa judicial por seu comando, que resultou da saída atritada do senador Fernando Bezerra Coelho do PSB. Os progressistas, por sua vez, chegaram a ter aproximação com os oposicionistas ventilada, enquanto, na oposição, já não se descartava diálogo com o PP. Ao acenar para o PP e para o MDB, o governador Paulo Câmara contempla os dois maiores tempos de TV de sua aliança, visando a consolidar o maior tempo de propaganda eleitoral.

2022 à vista
Ao ser deslocado para Turismo, o secretário Márcio Stefanni, aliado de primeira hora do governador Paulo Câmara, trilha o mesmo caminho percorrido pelo chefe. Em 2009, Paulo foi convocado por Eduardo Campos, então governador, para suceder Silvio Costa Filho na pasta de Turismo.

Horizonte > Em 2011, Eduardo Campos o encaminhou à Secretaria da Fazenda. Em 2014, Paulo terminou indicado a disputar a sucessão de Eduardo. Nos corredores do Palácio, há quem aponte 2022 no horizonte de Stefanni.

Cicatriz > O retorno da pasta de Habitação ao comando do MDB foi lido no Solidariedade como gesto de “hostilidade” à sigla. Há uma mágoa latente em relação ao caso de Jogli Uchôa, que foi indicado para comandar a Perpart, mas o orgão terminou sob a presidência de André Campos, ainda que o Solidariedade tenha demonstrado contrariedade.

Leitura > Ontem, havia, nas hostes do Solidariedade, quem registrasse o seguinte: “Caso tirem a secretaria, o partido vai entender que não é bem-vindo na Frente Popular”. No governo, reina o entendimento de que Habitação “sempre foi do MDB”.

Cálculos 1 > No Solidariedade, contabiliza-se dois deputados federais, um estadual, um vereador da Capital, além do prefeito de Olinda, outros prefeitos e vereadores.

Cálculos 2 > No Governo do Estado, não passou batido que o deputado Augusto Coutinho votará em Mendonça Filho para o Senado.

Reação > Depois que Marília Arraes anunciou, ontem, o deputado Silvio Costa como candidato ao Senado em sua chapa, o presidente PT, Bruno Ribeiro, e o senador Humberto Costa realçaram ausência de debate com a direção nacional.

Abreu e Lima suspende festas juninas para conter gastos
Verbas que seriam repassadas para as festas serão usadas para garantir a continuidade do pagamento do salário dos servidores, de acordo com a pasta

A Prefeitura de Abreu e Lima, na Região Metropolitana do Recife, cancelou as festividades juninas deste ano na cidade. A decisão foi divulgada nesta terça-feira (19) por meio de comunicado oficial. Segundo a gestão municipal, o objetivo da suspensão é conter despesas, já que Abreu e Lima está em estado de emergência desde o último dia 26 de maio, quando o prefeito Marcos José emitiu decreto durante a paralisação dos caminhoneiros.

As verbas que seriam repassadas para as festas serão usadas para garantir a continuidade do pagamento do salário dos servidores, de acordo com a pasta. Entre os eventos cancelados, está o tradicional Arraiá do Generá, que acontecia na praça Antonio Vitalino, no centro da cidade. A prefeitura não chegou a elaborar uma possível programação antes do cancelamento.

A prefeitura afirmou ainda que se a programação fosse mantida poderia haver comprometimento na execução de serviços públicos da cidade. Os valores não foram divulgados.


Pé de serra e quadrilhas para estimular consumo do milho em feiras e mercados em São Lourenço da Mata
Festa junina e milho: uma equação que dá resultados que todo mundo conhece. Assado ou cozido, em forma de canjica, pamonha ou munguzá, o milho é onipresente no São João. Não é diferente em São Lourenço da Mata. Para estimular o consumo do produto nos mercados públicos e feiras livres do município, a Prefeitura Municipal criou a Semana do Milho. Nesta quarta-feira 20, a administração municipal realiza uma ação no pátio da feira, no Centro da cidade, com atrações típicas do período junino.

Marcado para começar às 10h, o evento vai contar com apresentações de trio de forró pé de serra, abrilhantado pela presença de quadrilhas juninas, uma das mais importantes manifestações culturais de São Lourenço da Mata.

Parceria entre as Secretarias de Cultura, Esporte, Juventude e Turismo, Infraestrutura, Desenvolvimento Econômico e Governo; a ação pretende reforçar na população de São Lourenço da Mata o hábito de comprar gêneros alimentícios produzidos na zona rural do município. “Trata-se de fazer girar o dinheiro dentro da nossa cidade. Temos uma zona rural que tem uma intensa produção de alimentos e isso é um potencial que deve ser explorado”, destaca o prefeito Bruno Pereira.

FOGUEIRA LEGAL - Está em andamento, desde o início do mês, a campanha Fogueira Legal. A ação, que pretende conscientizar a população a não desmatar a vegetação local, segue até o dia 30 de junho fiscalizando a comercialização ilegal da lenha nativa. O principal ponto de venda está localizado no pátio da feira do município.

De acordo com o diretor de Meio Ambiente e Agricultura do município, Gerson Vicente, esse período junino é a época do ano em que crescem as vendas irregulares das madeiras nativas. “Infelizmente, muitos não se importam com a preservação da Mata Atlântica e pensam apenas no lucro”, aponta Vicente.

Por outro lado, ele ressalta que árvores exóticas podem ser comercializadas, como a mangueira, a jaqueira e o eucalipto. No entanto, “para comercialização de madeira, o vendedor precisa ter o documento de origem da madeira, que é a documentação de origem florestal ou registro de atividade”, explica Gerson.


Com EFE, Folhape, Prefeitura de São Lourenço da Mata

0 comentários:

Postar um comentário