way2themes

Generalidades Notícias, número 60:

Por: | 6/18/2018 07:36:00 AM Deixe um comentário

Mundo
Duque diz buscará derrotar a pobreza no seu Governo e ampliar classe média
O presidente eleito da Colômbia, Iván Duque, disse neste domingo que um dos objetivos do seu Governo é conseguir a transformação do país em uma nação próspera em onde se derrote a pobreza e se expanda a classe média.

Assim afirmou no seu primeiro discurso para seus simpatizantes, no qual afirmou que um presidente não faz milagres, mas sim prometeu trabalhar com comerciantes, sindicalistas, empresários, juízes, indígenas e afrocolombianos porque no seu mandato de quatro anos buscará "a transformação da Colômbia em um país próspero".

"Queremos fazer do nosso país um país das microempresas, das pequenas, das médias empresas que gerem emprego, que permitam expandir a classe média, que permitam derrotar a pobreza", afirmou.

Nesse sentido explicou que simplificará o sistema tributário respeitando a segurança fiscal mas buscando "a maior das conquistas de uma sociedade que acredita no livre empreendimento e é a derrota, para sempre, da pobreza extrema e a construção de um país de oportunidades".

Além disso, Duque reiterou os seus compromissos meio ambientais de proteção dos locais ermos, a flora e a fauna, e também impulsionará a reciclagem e os veículos elétricos.

"Vamos nos converter na nação de justiça social, da política da equidade, onde haja educação, alimentação e oportunidades para todos", concluiu Duque.


Terremoto de 6,1 graus deixa 3 mortos e mais de 200 feridos no Japão

Um terremoto de 6,1 graus de magnitude sacudiu nesta segunda-feira (data local, domingo no Brasil) o oeste de Japão e causou a morte de pelo menos três pessoas, incluindo uma menina de nove anos, e mais de duzentos feridos, segundo informou o Governo local.

O porta-voz do Executivo japonês, Yoshihide Suga, informou em entrevista coletiva que pelo menos três pessoas morreram como consequência do terremoto, enquanto a emissora pública "NHK" fala em mais de 230 feridos em seis cidades da região.

Os três mortos confirmados são uma menina de nove anos que morreu devido ao desmoronamento de um muro em um colégio na cidade de Takatsuki (na região de Osaka), um homem de 85 sobre quem caiu uma estante na sua casa em Ibaraki (na mesma cidade) e outro homem de 80 que ficou soterrado sob uma parede (também em Osaka).

O terremoto aconteceu às 7h58 (horário local, 19h58 de domingo em Brasília) e teve seu hipocentro a 13 quilômetros de profundidade na cidade de Osaka, na ilha de Honshu - a maior do arquipélago japonês - e a cerca de 500 quilômetros a oeste de Tóquio, informou a Agência Meteorológica do país (JMA, na sigla em inglês).

O tremor, pelo qual não foi emitido alerta de tsunami, atingiu o nível 6 na escala japonesa fechada de 7 graus (centrada no grau de agitação na superfície) em Osaka e de 5 em Kioto.

A JMA avaliou em um primeiro momento a intensidade do terremoto em 5,9 graus e o seu hipocentro em dez quilômetros, mas atualizou os dados horas depois.

Além disso, vários prédios nas cidades de Osaka e Takatsuki desmoronaram e pegaram fogo, segundo as imagens da "NHK", que informou que poderia haver pessoas presas nos escombros.

O tremor causou a suspensão do serviço de trem-bala na região, assim como dos serviços ferroviários locais das cidades de Osaka, Shiga, Hyogo, Kioto e Nara, que retomaram a sua atividade horas depois.

O fornecimento de energia elétrica já foi recuperado na região depois que cerca de 170 mil casas tiveram cortes de eletricidade, enquanto 110 mil não têm gás e segundo a empresa Osaka Gas, demorarão perto de dez dias para ter o serviço restabelecido.

Algumas cidades sofrem com cortes de água e também aconteceu a inundação de algumas áreas em Osaka por causa de rupturas nas tubulações.

Segundo o ministério de Saúde, alguns hospitais da região sofreram danos nas suas infraestruturas, assim como cortes de água, paralisações nos elevadores e escassez de pessoal, já que alguns trabalhadores não puderam chegar ao trabalho devido à falta de transporte.

O aeroporto de Kansai (Osaka), o mais importante do oeste do Japão, foi fechado enquanto se revisava o estado das suas pistas, enquanto no segundo maior aeroporto desta cidade foram cancelados 80 voos.

As autoridades informaram que nenhum dos 15 reatores nucleares desta região foram afetados pelo tremor.

Segundo afirmou a JMA, é a primeira vez que Osaka registra um terremoto desta intensidade desde que em 1923 estes dados começaram a ser registrados.


Brasil
Brasil estreia com decepcionante empate contra a Suíça
Abusando dos erros, o Brasil não conseguiu reproduzir o seu estilo de jogo e acabou ficando no 1x1 com a adversária europeia

A Seleção Brasileira não conseguiu estrear com vitória na Copa da Rússia. A equipe comandada por Tite empatou com a Suíça, por 1x1, neste domingo (17), em Rostov. Desde o Mundial da Argentina, em 1978, o Brasil não empatava na rodada de abertura. Com o resultado, a seleção está em segundo lugar no Grupo Eempatada com os suíços. A Sérvia lidera o grupo após vencer a Costa Rica, por 1 a 0, horas antes. Na sexta (22), o Brasil enfrenta a Costa Rica, em São Petersburgo.

Foi o quarto empate da era Tite. Até agora, o treinador soma 17 vitórias e apenas uma derrota. O quarteto ofensivo montado por Tite não conseguiu romper as duas linhas de quatro montada pelos suíços em campo.

Mesmo assim, o Brasil saiu na frente no placar. Philippe Coutinho acertou um chute de fora da área no ângulo esquerdo, aos 20 minutos do primeiro tempo. O atacante Neymar teve uma atuação sem o brilho esperado. No segundo tempo, ele ainda reclamou de dores no pé direito operado em março. Mesmo assim, o ex-santista ficou até o final em campo.

O gol suíço foi marcado por Zuber num lance contestado pelos brasileiros. Aos 5 minutos do segundo tempo, o suíço encostou no zagueiro Miranda na área em disputa de bola após cobrança de um escanteio. Sem o marcador, ele subiu sozinho para cabecear e empatar o jogo.

Os brasileiros reclamaram de falta, mas o juiz mexicano Cesar Ramos se recusou a ver as imagens do VAR (árbitro de vídeo) e confirmou o gol. A defesa brasileira não era vazada há cinco jogos. Desde o início da era Tite, a seleção só levou seis gols em 22 confrontos.

Em campo, o Brasil contou com três jogadores remanescentes do humilhante 7 a 1 contra a Alemanha, no Mineirão -Marcelo, Paulinho e Willian. No início do jogo, parecia que a seleção conseguiria colocar em prática o estilo de jogo planejado por Tite com muito toque de bola.

O time evitou dar chutões e quase sempre saiu jogando com trocas de passes. O jogo começou nervoso. A Suíça fez uma marcação forte no início e teve a primeira oportunidade. Aos três minutos, Dzemalli recebe um bom passe, mas chuta pra fora.
O time nacional tinha dificuldade para sair jogando como Tite pediu. Com o tempo, a equipe foi se acertando em campo. Aos dez minutos, Paulinho desperdiçou a primeira oportunidade após bela tabela de Coutinho e Neymar.

A partir daí, a seleção se encontrou. Pela esquerda, o Brasil tinha facilidade, mas falhava na conclusão. Aos 20 minutos, Coutinho abriu o placar. Ele arriscou de fora da área e acertou um belo chute sem chance para o goleiro adversário. Com a vantagem no placar, a seleção dominava a partida. O Brasil continuava criando boas oportunidades.

Nos minutos finais, a Suíça equilibrou o jogo em Rostov. A primeira etapa terminou com a Suíça igualando as estatísticas do jogo. A posse de bola ficou em 50% para cada lado, enquanto a Suíça acertou mais passes (221, contra 199 do Brasil), recuperou mais bolas (31 a 21) e correu mais (52km a 50km), de acordo com dados oficiais da Fifa.

A Suíça empatou logo na volta do intervalo. Aos 5 minutos, Zuber fez o gol após tocar no zagueiro Miranda e cabecear sozinho dentro da pequena área. Depois do gol, a seleção tentou reagir.

Aos 14 minutos, Tite fez a primeira substituição. Ele tirou Casemiro, que já havia recebido um cartão amarelo, e colocou Fernandinho. Em seguida, aos 21 minutos, ele tirou Paulinho e lançou Renato Augusto. O Brasil pressionava, mas não conseguia o gol. Tite ainda colocou Roberto Firmino no lugar de Gabriel Jesus.

O Brasil desperdiçou umas três oportunidades de vencer nos minutos finais e deixou o campo com o pior resultado desde 1978. Já os suíços festejavam em Rostov.

FICHA TÉCNICA:

BRASIL 1
Alisson; Danilo, Thiago Silva, Miranda, Marcelo; Casemiro (Fernandinho), Paulinho (Renato Augusto), Philippe Coutinho, Willian; Gabriel Jesus (Firmino), Neymar. T.: Tite

SUÍÇA 1
Sommer; Lichtsteiner (Lang), Schär, Akanji, Ricardo Rodríguez; Behrami (Zakaria), Xhaka, Shaqiri, Dzemaili, Zuber; Seferovic (Embolo). T.: Vladimir Petkovic

Local: Arena Rostov, em Rostov
Juiz: César Ramos (MEX)
Gols: Philippe Coutinho (B), aos 20 minutos do primeiro tempo; Zuber (S), aos 4min do segundo tempo
Cartões amarelos: Casemiro (Brasil); Lichtsteiner e Schär

Brasileiros assaltam quartel de polícia da Bolívia, na fronteira com o Acre
Na troca de tiros com os brasileiros dois policiais bolivianos foram feridos. Os sete assaltantes fugiram em motos levando fuzis AK 47 e pistolas 9mm

Sete brasileiros assaltaram um quartel da Polícia Nacional da Bolívia na cidade de Porvenir, a cerca de 30 km da cidade de Cobija, que fica na fronteira com o Acre, na noite de sábado. Segundo informações dos policiais bolivianos, os bandidos levaram sete fuzis AK 47 e cinco pistolas 9 mm e fugiram em motos por uma estrada de terra que acompanha a fronteira entre os países.
Houve troca de tiros e dois policiais bolivianos foram feridos. A Polícia Federal no Acre suspeita que a ação tenha partido de uma facção criminosa.
Duas motos que podem ter sido usadas na ação foram apreendidas. A PF colabora na investigação. Peritos de Rio Branco foram enviados a Epitaciolândia, na fronteira, para analisar as digitais nas motos.
A fronteira entre Cobija, na Bolívia, e as cidades de Brasiléia e Epitaciolândia, no Acre, é de livre circulação. Além de forças de segurança bolivianas, a Polícia Federal e a Receita Federal atuam na fronteira. A PF tem uma delegacia em Epitaciolândia.
O governador do Acre, Tião Viana (PT), afirmou que a omissão do governo federal na região trouxe um ambiente de guerra civil e provocará uma tragédia.
"Grupos poderosos com muitas armas, milhares de jovens recrutados pelo poder financeiro da droga, enquanto ao nosso lado, comunidades de bem, defendidas quase exclusivamente por ações firmes de poucos governos estaduais com suas bravas polícias. [...] Polícias da União são parceiras, mas completamente insuficientes no controle das fronteiras livres", afirmou.
Na semana passada, uma delegacia da Polícia Civil em Brasiléia foi assaltada, mas as armas foram recuperadas.
"É algo que nos preocupa. Não é comum que os órgãos policiais sejam objeto de ataque", disse a superintendente da PF no Acre, delegada Diana Calazan.


Pernambuco
Site da Polícia Civil de Pernambuco é hackeado
Na página oficial da Polícia Civil, havia um pedido de protesto contra o governo do presidente Michel Temer

A Polícia Civil de Pernambuco (PCPE) teve sua página na internet hackeada neste domingo (17) por volta das 18h. Ao acessar o site, o usuário se deparava com uma mensagem creditada a "D4RKRON & XiNOx" afirmando que o "Hacktivismo de verdade em peso acontecendo até o final do ano".

Ainda segundo a mensagem do hacker que aparecia na página da PCPE, havia um pedido de protesto contra o governo do presidente da República Michel Temer, além do aviso "não respeite a PM e destrua a bancada ruralista".

Após o ataque cibernético, o site da Polícia Civil ficou inacessível.

Detento é capturado ao tentar fugir disfarçado de mulher
Usando peruca e de unhas pintadas, Cleyton Alberty de Souza Firmino tentou fugir pela porta da frente, após apresentar uma carteira de visitante

Um detento foi capturado por agentes penitenciários, neste sábado (16), após tentar fugir do Complexo Prisional do Curado, localizado na zona oeste do Recife. Cleyton Alberty de Souza Firmino tentou despistar a vigilância do presídio Juiz Antônio Luiz Lins e Barros usando uma peruca e com unhas pintadas, durante a visita conjugal, por volta das 15h.

Cleyton tentou fugir pela porta da frente, após apresentar uma carteira de visitante. De acordo com o Sindicato dos Agentes Penitenciários, ele utilizou uma identificação que sua esposa havia recebido. Após ser reconduzido à unidade prisional, o detento foi submetido ao conselho disciplinar.

0 comentários:

Postar um comentário